Access Bars e as dificuldades de aprendizagem

Há uma nova esperança para as crianças que lutam com o fracasso escolar na ilha espanhola de Maiorca, graças aos esforços do quiroprático e Facilitador de Access Bars, Dr. David Biddle.
Biddle tomou conhecimento do tremendo problema do fracasso escolar que assola o sistema escolar espanhol através de uma conversa com sua própria filha. Em sua turma de 25 alunos, havia apenas 3 ou 4 que não apresentavam dificuldades em nenhuma matéria, e a falha de 5 ou 6 das 8 matérias oferecidas é bastante comum.
A única alternativa que as escolas oferecem é a tutoria adicional para os alunos, o que significa que as crianças têm de se sentar por mais 2 horas após 7 horas de jornada normal todos os dias.
“Como podemos ajudar essas crianças a se adaptar melhor à escola?”, Perguntou-se Biddle. Ele pensou que Access Bars podia ser uma contribuição para que os cérebros das crianças funcionasse melhor e facilitasse a aprendizagem e a retenção de informações.
Ele e outros 7 Facilitadores de Access Bars prepararam-se para oferecer 5 sessões gratuitas para cada uma das crianças que estavam com dificuldades de aprendizagem. A imprensa local encarregou-se de conscientizar os pais sobre a questão da dificuldades de aprendizagem e mais de 50 crianças apareceram para inscrever-se para a sessões de Access Bars no consultório de quiropraxia de Biddle. Ele e os outros 7 Bars Practitioner vieram para realizar sessões de meia hora, despendendo de 3 a 4 horas cada um nos atendimentos de forma voluntária.

Algumas das mudanças positivas que os pais notaram foram surpreendentes. Um garotinho que era muito agressivo na escola e conhecido por espancar todo mundo, mudou da noite para o dia. Depois de sua primeira sessão de Access Bars, ele mudou tanto que a escola telefonou para sua mãe. Ela pensou: “Ah, outro problema com meu filho.” , mas para sua surpresa, a escola ligou para dizer a ela: “Não sabemos o que você fez, mas seu filho está totalmente diferente. Ele está sendo legal com todo mundo.”

Outro garotinho passou de 1s e 2s (as pontuações mais baixas) em matemática para 10s. Uma garotinha que participava de competições de natação apresentou melhoria significativa em seus tempos, o que agradou a ela e a sua mãe. Outro garotinho com dores de cabeça crônicas agora informa que elas se foram.
Um menino que mal podia se deitar na maca na primeira sessão entra agora na sala, deita-se e relaxa. Seus pais estão surpresos. “Meu filho nunca se concentrava”, dizem eles, “mas agora que está se submetendo às sessões de Access Bars tem estado mais tranquilo.”
Os pais relatam que, em geral, seus filhos estão mais centrados, mais fáceis de lidar em casa e se saem melhor na escola.

Originalmente, Biddle planejava oferecer sessões de Access Bars lado a lado com sessões para os pais, mas a resposta à oferta gratuita para as crianças foi tão grande que simplesmente não era o momento.

Agora, vários pais fizeram a formação de um dia para se tornar praticantes De Access Bars e estão fazendo sessões com seus filhos em casa.

Embora Biddle tenha a vantagem de ter um grande espaço aberto com várias macas, bem como suporte de secretariado, nada disso é necessário. Onde mais poderia ser replicado mesmo que  as crianças não estejam  sofrendo porque as escolas são incapazes de satisfazer suas necessidades?
“Abra o espaço e deixe acontecer”, sugere Biddle. “As crianças precisam tanto!”

Quais são as infinitas possibilidades?

Se você tem interesse pelo tema, e quer se aprofundar nele entre no grupo de discussão. Basta deixar a mensagem  Eu quero no link http://whats.link/accessbars 

Tradução livre de texto original publicado em access-consciousness-blog.com por           Yara Prates – Bars Facilitator

2 ideias sobre “Access Bars e as dificuldades de aprendizagem

  1. Sem dúvida precisamos encontrar novas maneiras de apoiar o aprendizado de crianças e adultos, a mente é a chave. Essa iniciativa é muito importante, todos os pais deviam buscar se informar a respeito!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *