ParticipAÇÃO da criança no Homeschooling

Sugestão de planejamento diário

Um dos benefícios mais importantes do homeschooling (educação domiciliar) é a flexibilidade com que você pode imprimir à educação do seu filho. É um fato bem conhecido que cada indivíduo tem necessidades individuais, e a educação em casa permite que você crie um ambiente de aprendizagem que se adapte particularmente ao seu filho.

Quando se  faz a opção pelo homeschooling , é importante que você tenha um currículo claro em mente e um plano para executá-lo. Mas dentro desse plano, você deve entender que deverá ter espaço para  uma enorme flexibilidade,  Há diferentes maneiras  para que  uma criança possa aprender o que for e muitos  aspectos para aprender em um determinado assunto.

Uma das melhores maneiras que você pode garantir um alto nível de retenção de aprendizagem é encorajar seu filho a ter interesse pessoal em sua educação. Embora isso possa parecer óbvio, muitas pessoas que crescem, que passaram por um sistema escolar tradicional, provavelmente concordarão que sua educação foi oferecida de forma autoritária: a  escolaridade e sua educação foi algo que feito para você, e não com você. Aqui tomo a liberdade de fazer um parêntese para contar um “causo”. Minha filha, quando estava na 1a. série a professora disse que iriam fazer um livro de receitas comp presente do dia das mães. Ela pediu a professora se podia fazer um livro de outra coisa pois sua mãe não cozinhava. Sua solicitação não foi aceita. Ela obedeceu e na hora de dar o presente para mim disse chorando: “Eu fui obrigada! Eu disse prá ela que você não gosta!”  Eu consolei minha filha dizendo  que apesar de eu não gostar de cozinhar fiquei muito feliz com o cuidado e capricho  com que ela fez o livro. E pela maneira como ela se portou frente ao episódio.

No entanto, no homeschooling, você pode tirar proveito da flexibilidade quase ilimitada à sua disposição e deixar o seu filho desempenhar um papel mais ativo. Embora você não possa, obviamente, deixar seu filho fazer o que quer que ele considere educacional, voc6e precisa dar a ele escolhas. Ele pode selecionar os objetivos educacionais, ou a ordem em que eles serão estudados.

Estabeleça uma rotina das atividades diárias: horário de levantar e deitar, horário da refeições, horário do homeschooling, horário autônomo para estudo e pesquisa .  Comece o horário de  horário de homeschooling, explicitando o que será trabalhado naquele dia. Dependendo da idade do seu filho você pode explicar a razão da seleção daquele conteúdo e o que é esperado que ele saiba após o término daquele tema. Se houver alguma coisa que a criança pareça avessa de fazer, tente levá-lo a sério. Você não deve, é claro, evitar certos assuntos ou atividades simplesmente porque seu filho não gosta deles. Você deve, no entanto, perguntar ao seu filho porque ele ou ela não gosta de algo no plano do dia e sugerir alternativas. Em muitos casos, você ficará agradavelmente surpreendida com o que seu filho proporá e acredite na maioria das vezes ele tem razão e vai se dedicar com mais afinco.

Tanto quanto possível, você deve ter uma lista de alternativas em mente para as atividades atribuídas. A idéia é tentar pensar em atividades alternativas que conquistem os mesmo objetivos. Se o seu filho protesta contra um determinado exercício, então, você pode oferecer um outro, mas sempre eles devem apresentar razões. Não vale o não gosto, porque sim. Isso pode ser extremamente eficaz para que seus filhos aprendam material a defender seus pontos de vista..

Muitas vezes, a criança simplesmente tem que sentir que está mais no controle da situação para apreciá-la. Mesmo que você esteja controlando a educação do seu filho, concedendo-lhes pequenos subsídios e escolhas, enquanto ainda adere à imagem maior, todos ganham: seu filho sente que está fazendo o que ele quer fazer e você ainda está ensinando seu filho o que você quer que ele aprenda.

Sinta-se a vontade para perguntar (se tiver dúvidas) e para comentar.

Yara Prates/ Master Coach Senior